(Last Updated On: 13 de Abril de 2020)

Diversas dúvidas podem aparecer quando falamos do transporte de materiais de construção, tendo em vista a necessidade de tomar certos cuidados aos carregar esses itens. Erros e problemas, como desperdícios, vazamentos, quebras, entre outros, acontecem quando a atenção devida não é dada e os procedimentos apropriados não são realizados.

Por esse motivo, separamos algumas dicas incríveis para você usar e garantir a qualidade do serviço prestado. Acompanhe!

1. Veja as instruções do fabricante

Muitos materiais, por exemplo, revestimentos, cimentos, entre outros, apresentam as instruções adequadas para seu armazenamento e manuseio. Essas informações não estão ali à toa, mas sim, para ser seguidas e manter as características originais do item e a eficácia do seu uso.

Outra vantagem de seguir a recomendação é que, caso surja algum defeito, o produto pode ser devolvido sem custos adicionais. Também é importante fazer o transporte de materiais de construção em suas embalagens de fábrica, considerando que elas foram criadas com a finalidade de evitar danos na hora do transporte e se adequar ao local de armazenamento.

2. Reserve um espaço do caminhão

Um dos principais motivos do desperdício de materiais de construção é a quebra de itens. Para evitar esse prejuízo, reserve o espaço adequado dentro do veículo de transporte. Organize as caixas de forma que os itens não fiquem se mexendo durante o trajeto, impedindo que a caixa revire, trombe em outras embalagens e provoque o estrago ou perda de alguma peça.

3. Defina um local adequado para a guarda dos materiais

Entre as principais ideias sobre o armazenamento dos materiais de construção é evitar umidade ou calor em excesso. Contudo, nem sempre as pessoas têm esses locais disponíveis para receber os produtos. Veja, a seguir, algumas alternativas para fazer a guarda correta:

  • grande parte das tintas são compostas por substâncias inflamáveis ou tóxicas. Dessa forma, o adequado é guardar as latas dos produtos em regiões bem ventiladas e, preferencialmente, longe de fontes de calor, materiais combustíveis e eletricidade;
  • telhas cerâmicas e produtos equivalentes podem ser armazenados em lugares abertos, desde que sejam cobertos com lona plástica ou outro meio de proteção potente contra chuvas;
  • produtos elétricos, em geral, além de conexões de hidráulica e tubos, devem ser guardados em local coberto e seco, se possível, dentro de caixas;
  • os materiais agregados devem ser armazenados respeitando a distância entre finos e grossos, com o objetivo de evitar que os itens se misturem.

4. Tenha atenção na hora do empilhamento

O empilhamento dos materiais também é um aspecto que deve ser considerado nessa hora, tendo em vista a facilidade de alguns produtos sofrerem danos e modificações em sua estrutura devido ao peso excessivo ou ao desnivelamento do solo. Entenda melhor como essa recomendação funciona:

  • itens de aço exigem muito cuidado, considerando que eles podem se deteriorar ou estragar de maneira fácil, além do risco de sofrer oxidação;
  • no cais de tábuas de madeira, ribas e caibros, o empilhamento deve ocorrer em cima de pilares de tijolo. O ideal é deixar que fiquem a, no mínimo, 150mm do nível do solo, e as pilhas precisam ser alinhadas e não devem ultrapassar 1,5 metro de largura e 2 metros de altura. Essa prática vai garantir que a madeira não fique empenada pelo fato do empilhamento incorreto;
  • se possível, pinte de cores diferentes os formatos de barras para simplificar a identificação para a utilização e a guarda de produtos desse tipo;
  • os aços de tamanhos e classes diferentes devem ser armazenados de forma separada. A finalidade dessa tarefa é evitar conflitos e dúvidas entre os colaboradores e cortes sem necessidade nas peças de dimensão maior;
  • as portas de madeira precisam ser armazenadas sempre em lugares seguros contra chuvas. Mesmo que o mais indicado seja armazená-las na horizontal, colocá-las na vertical pode não atrapalhar, desde que não seja inserido nenhum peso em cima e que a posição escolhida seja eficaz, evitando que os produtos sejam danificados.

5. Evite a umidade

Ao realizar o transporte de materiais de construção, é preciso dar atenção à proteção contra a umidade. Desse jeito, deve-se evitar o empilhamento de sacos de cimento diretamente no chão, com a finalidade de impedir que o produto absorva essa umidade. Além disso, o adequado é que os sacos de cimento sejam colocados uns perto dos outros, tendo em vista que essa conduta diminui a circulação do ar e o eventual ressecamento dos itens.

O empilhamento deve ser de até dez sacos de cimento, evitando-se o peso excessivo sobre o material. Nas pilhas feitas com mais de oito sacos, podem ser colocados de forma alternada, em comprimento e em cruz, assegurando o equilíbrio para que acidentes não aconteçam.

6. Tenha cuidado com o acondicionamento

O local de armazenamento dos materiais de construção pode ser muito desorganizado, influenciando a preservação dos itens. Por esse motivo, é muito importante orientar os colaboradores sobre a necessidade do manuseio e guarda adequados dos itens que chegarem.

O intuito é assegurar que nada se perca ou danifique, proporcionando funcionamento eficaz dos serviços e produtividade. Uma opção para simplificar essa tarefa é estruturar os materiais conforme as prioridades da obra, colocando na sequência de uso, além de reservar um espaço para o recebimento dos produtos, evitando improvisos e obstrução das passagens e acessos aos itens.

Conseguiu entender como melhorar o transporte de materiais de construção? Além desse conhecimento, é interessante que saiba como calcular o custo do serviço. Para isso, a atividade deve ser alinhada com a logística da obra, para que possa compreender o funcionamento de todas as fases e implementar as estratégias adequadas.

Assim, será possível compor o preço dos seus serviços com base em informações precisas, e com a possibilidade de minimizar os custos sem influenciar a qualidade dos produtos, entrega e demais atividades envolvidas.

Gostou dos cuidados com transporte de materiais de construção apresentados? Então, aproveite a sua visita em nosso blog para seguir as redes sociais e ficar por dentro de todas as publicações e compartilhamentos. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no YouTube!

Quer saber sobre mais assuntos como esse? Nos siga nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.